Cuidados com gatinhos recém-nascidos

Gatinhos recém-nascidos

Muitas pessoas estão chegando aqui procurando ajuda para cuidar de gatinhos recém nascidos. Grande parte resgatou ou encontrou os gatinhos e resolveu cuidar deles. Essa atitude é das mais generosas e só fala da bondade de cada uma dessas pessoas. Parabéns a vocês e nosso muito obrigado!

Pensando nisso, resolvemos colocar aqui alguns cuidados importantes que conseguimos no site da OBA! Organização do Bem Animal de Florianópolis. Pra abrir, dois pontos importantíssimos:

Se você encontrou um bebê gato, a primeira coisa a fazer é levá-lo a um veterinário assim que for possível. Ele irá examiná-lo, ver seu estado de saúde, calcular sua idade e orientar você a respeito dos cuidados, vacinas etc.

Tudo o que possa ler não subsistitui a deslocação ao veterinário, que observando os gatinhos lhe dirá exatamente como proceder. A ida ao veterinário é urgente e não pode deixar para o dia seguinte: um gatinho pode morrer em menos de 24 horas. Naturalmente que o ideal é tentar encontrar uma gata mãe que tenha tido filhotes e que aceite o(s) gatinho(s) que encontrou.

Confira mais alguns pontos:

Segurança

  • Se você já tiver outros gatos em casa, o gatinho deverá ficar de quarentena. Isso evitará que ele passe – caso tenha -, alguma doença para os gatos já existentes.
  • A separação também evitará acidentes, já que ele é pequeno e indefeso. Os mais velhos podem considerá-lo uma ameaça, um estranho que invadiu seu território. É necessário um tempo de exposição lento e gradual, sob supervisão, para que se acostumem uns aos outros. Mas não nessa fase do pequeno.

Abrigo e calor

  • Providencie uma caixa de papelão forte. Forre com bastante jornal, toalhas velhas mas macias, cobertores velhos etc. para deixá-lo aquecido. Isso é muito importante. O frio pode matar um filhote em pouco tempo, portanto será necessário algum tipo de aquecimento, como uma bolsa de água quente colocada debaixo de panos. Mas, por favor, CUIDADO, não é para assar os pequenos, mas sim aquecê-los. Cuidado com a temperatura. Calor em excesso também pode ser fatal. Outra sugestão é utilizar uma garrafa pet como reservatório para a água quente.
  • A caixa dos gatinhos deve ficar em local protegido de correntes de ar, calmo e com pouco barulho. Você pode colocar uma tolha por cima da caixa, deixando, é claro, uma abertura para a passagem e renovação de ar. A tolha manterá a caixa aquecida e no escuro, ajudando os pequenos a dormir.
  • Se você tiver algum bichinho de pelúcia ou algodão, lavável, pode colocá-lo na caixa. Assim eles terão a sensação de estarem com a mãe e ficarão mais tranquilos.

Higiêne

  • Quando muito pequenos, os gatinhos só evacuam e urinam quando estimulados pelas lambidas da mãe, quando esta os lava após as mamadas.  Um algodão embebido em um pouquinho de água filtrada morna já faz o serviço. Aproveite para limpá-los de resíduos de leite, fezes e urina, para que o local onde dormem e passam todo o tempo esteja sempre limpinho. Troque regularmente toalhas, jornais etc.
  • Até abrirem os olhos, por volta de 10 dias, os gatinhos costumam produzir poucas fezes. Mas se não fizerem nada por mais do que dois dias, procure a ajuda do veterinário.
  • Com 3 semanas de idade, você pode fazer aos pequenos a primeira apresentação a uma caixa sanitária. Utilize uma caixa baixa e pequena, coloque um pouco de granulado sanitário e deixe que explorem a caixa. Se puder, coloque um pouquinho das “necessidades” na caixa, isso irá ajudar na aprendizagem. O instinto de enterrar na areia é natural e não precisa ser ensinado.

Alimentação após 4 semanas de vida

A comidinha sólida só depois de 4 semanas de idade, mas o processo de desmame pode ser iniciado com 3 semanas. Compre uma BOA ração para gatos filhotes (evite as vendidas a granel ou muito baratas!) e faça papinha com ela, umedecida com água morna. No começo ele vai estranhar e/ou fazer bagunça, mas logo acostuma 🙂 Aos poucos aumente a consistência da papinha, pois com 50 dias ele já estará mastigando a ração seca. Quanto à água, os gatos são bem econômicos nesse item e não têm o hábito de beber nas refeições. Deixe uma vasilha com água sempre limpa e fresca (troque no mínimo a cada 24 horas) para que o filhotinho possa beber à vontade quando sentir sede.

Leia a matéria completa, com mais procedimentos e cuidados que podem ajudar você e o próprio gatinho nessa fase inicial.

Anúncios

8 pensamentos sobre “Cuidados com gatinhos recém-nascidos

  1. Olá! A gatinha de minha irmã foi atropelada três dias após dar cria de quatro filhotes. Sou alérgica a gatos e me dou bem com cachorros, mas não tive como não me sensibilizar com a situação e trouxe os filhotes pra cuidar porque levo mais jeito com animais. Hoje eles fazem uma semana que nasceram e estão se alimentando bem, ganhando peso e fazendo xixi regularmente quando os estimulo. Fiquei só preocupada com o fato de até agora desde que cuido deles, ainda não terem feito cocô, será que é normal por ter poucos dias de vida? No mais eles demostram estar bastante saudáveis, comem e dormem muito bem.

    • •Quando muito pequenos, os gatinhos só evacuam e urinam quando estimulados pelas lambidas da mãe, quando esta os lava após as mamadas. Um algodão embebido em um pouquinho de água filtrada morna já faz o serviço. Aproveite para limpá-los de resíduos de leite, fezes e urina, para que o local onde dormem e passam todo o tempo esteja sempre limpinho. Troque regularmente toalhas, jornais etc.
      •Até abrirem os olhos, por volta de 10 dias, os gatinhos costumam produzir poucas fezes. Mas se não fizerem nada por mais do que dois dias, procure a ajuda do veterinário.
      •Com 3 semanas de idade, você pode fazer aos pequenos a primeira apresentação a uma caixa sanitária. Utilize uma caixa baixa e pequena, coloque um pouco de granulado sanitário e deixe que explorem a caixa. Se puder, coloque um pouquinho das “necessidades” na caixa, isso irá ajudar na aprendizagem. O instinto de enterrar na areia é natural e não precisa ser ensinado. – quanto a isso, eu posso descrever minha experiência pessoal; tenho uma gatinha (agora com 6 meses, aproximadamente), e quando ela era mais novinha, eu tive de ensiná-la a enterrar, ela não fazia isso.

  2. Olá,
    Encontrei 5 gatinhos recém nascidos a três dias. Gostaria de saber a quantidade de leite que devo dar a eles… Com respeito a evacuação, estou fazendo o que vocês informaram, porém, dois deles não estão fazendo coco só xixi. Infelizmente estou sem condição de leva-los ao veterinário, e isso esta me deixando muito preocupada porque a barrigada deles esta ficando inchada.

  3. Eu gostaria de saber se posso dar leite semi- desnatado para gatinhos re cem nascidos, uma gata de rua abandonou os 3 gatinho, e estou dando leite com algodão, está certo?

  4. acharam um gatinho recém nascido e mandaram p mim, ele ainda tá c cordão umbilical, ficou 1 dia embaixo de uma telha até resgatarem e me dar já tá há 2 dias aqui, eu ñ tenho condições de levar no vetrinário por favor me ajudem. Eu posso dar água de coco? estou dando leite misturado c água

  5. me ajudaaaaaa!!!!! no telhado do lado minha casa tinha uns gatinhos, só que choveu e eles foram levado pela chuva, tinha 3, só um sobreviveu, parece qe só tem 3 dias de vivo, como faço pra cuidar deles, e como faço para diminuir o fedor do cordão umbilical??????? juntosficapossivel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s